Primeiro Felino Registrado pelo Projeto Dbio-PERC

16/08/2013 08:58

Gato Mourisco (fonte:projetoentreserras.com.br)

O Projeto Dbio-PERC “Diagnóstico da biodiversidade do Parque Estadual do Rio Canoas”, registrou o primeiro felino presente no PERC através das armadilhas fotográficas instaladas na área. O felino é o gato-mourisco (Puma yagouaroundi), mamífero que é encontrado desde os Estados Unidos até ao norte da Argentina. Possui cerca de sessenta centímetros de comprimento de corpo, 45 centímetros de cauda e pesa seis quilogramas. Tem orelhas e pernas curtas e pelagem de coloração marrom pardacenta uniforme. O gato-mourico tem o hábito de viver em bordas de banhados, beira de rios ou de lagos, sendo, também, encontrado em lugares secos, com vegetação aberta.

Assista ao vídeo registrado pelo Projeto

No Projeto Dbio-PERC  atuam os Prof.  Rogério T. Vianna, Alexandre Siminski, Juliano Wendt.  O projeto é financiado pela FAPESC Nº 02/2012-Valorização da biodiversidade Catarinense: unidades de conservação. Programa biodiversidade do estado de Santa Catarina.

Saiba mais sobre este e outro projetos

Viagem de Estudos Dendrologia

27/05/2013 11:54

Os estudantes acompanhados do Prof. Marcelo Scipioni visitaram o Horto Florestal e Jardim Botânico da COPEL, Faxinal do Céu/PR. Com uma área de 152 hectares, o Jardim Botânico tem como finalidade conciliar a produção, cultivo e pesquisa das diversas espécies de plantas nativas e exóticas com a educação ambiental.

Viagem de Estudos Agroecologia

27/05/2013 11:30

Estudantes da disciplina de Agroecologia estiveram acompanhados da Prof. Karine Santos em visita técnica ao município de Seara-SC. Na oportunidade os estudantes conheceram propriedades que utilizam o sistema agroecológico na produção de frutas e hortaliças, e processamento dos produtos na propriedade. Aproveitando a oportunidade, os acadêmicos visitaram O Museu Entomológico Fritz Plaumann, administrado através de um convênio entre a prefeitura da cidade (detentora do acervo) e a Universidade Federal de Santa Catarina. O museu contém cerca de 80 mil exemplares de 17 mil espécies diferentes de insetos, das quais 1.500 foram descobertas pelo próprio Fritz Plaumann . A maioria foi coletada durante as incursões de Plaumann na região do Alto Uruguai.

Plantas alimentícias não-convencionais

29/04/2013 09:37

Este vídeo é parte de um projeto elaborado pela nutricionista Irany Arteche para assentados do MST/RS e promovido pela Superintendência da CONAB/PNUD, com oficinas ministradas pelo botânico Valdely Kynupp sobre plantas com grande potencial alimentício e de comercialização, mas que costumam ser negligenciadas.

http://www.slowfoodbrasil.com/videos/655-plantas-alimenticias-nao-convencionais

O objetivo do registro é colaborar na divulgação desta experiência, servindo como material pedagógico para cursos que tratem de alternativas para agricultura familiar, segurança alimentar e nutricional, diversificação agrícola, processamento de novos produtos e alimentos.

Inventário Florístico Florestal de SC disponibiliza livros

18/04/2013 13:42

 

 

 

O Projeto Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina é uma iniciativa do governo estadual com objetivo de inventariar os remanescentes florestais do estado e gerar uma base de dados sólida para desenvolver a política florestal para Santa Catarina. O projeto abrange, além do inventário dos recursos florestais, o levantamento florístico das florestas  catarinenses, isto é da diversidade de todas as plantas vasculares nelas existentes, além da integração  dos dados de todos os herbários do estado.

Composto por 5 metas, o projeto conta com as seguintes instituições responsáveis e executoras:  Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SAR), Universidade Regional de Blumenau (FURB),  Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de  Santa Catarina (EPAGRI). O projeto é financiado pela Fundação de Apoio à Pesquisa de Santa Catarina – FAPESC.

Baixe os livros do IFFSC em PDF  ou visite a biblioteca do Campus e veja a obra completa.

 

Curso de Engenharia Florestal

15/09/2011 11:09

Graduação em Engenharia Florestal

O Curso de Engenharia Florestal busca formar profissionais com habilidades para promover o desenvolvimento através do manejo e a utilização correta das florestas brasileiras; estimular o desenvolvimento social, envolvendo comunidades dependentes de sistemas naturais; além de contribuir para a manutenção da biodiversidade e do equilíbrio ambiental através das atividades de pesquisa e extensão.

Continue a leitura ou assista o video

Página no Facebook